Senar/PE forma novos profissionais para a fruticultura do Vale do São Francisco

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

 

curso-senar-1

Vinte e cinco novos aprendizes do curso Trabalhador na Fruticultura Básica, coordenado pelo Senar/PE (Serviço de Nacional de Aprendizagem Rural em Pernambuco) dentro do Programa de Aprendizagem Rural, receberam nesta quinta-feira, 4, os certificados de conclusão da formação em ato organizado na Fazenda Queiroz Galvão, ex-Timbaúba, localizada no N-8 do Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho, em Petrolina, sertão do estado. Cinco alunos do curso receberam além do certificado, a boa notícia que seriam contratados pela empresa agrícola.
A primeira turma, formada na fazenda, passou por uma formação com 400 horas de aulas teóricas no Sindicato Rural de Petrolina e mais 400 horas de aulas práticas no campo. Segundo a formanda Natália Soares (19 anos), o Programa mudou sua vida e abriu as portas para a primeira oportunidade profissional.
“Mesmo sendo filha de funcionários aqui da fazenda, eu não me interessava por agricultura. Mas, a partir dos conteúdos da parte teórica e o contato direto com as atividades no campo, mudei completamente minha opinião e já estou escalada para atuar no controle de qualidade do Packing House. Se antes pensava em fazer vestibular para medicina veterinária, agora vou fazer para agronomia”, garantiu Natália Soares, uma das agraciadas com a contratação na Queiroz Galvão.
Para o Superintendente do Senar no estado, Adriano Moraes, os resultados do Programa no Vale do São Francisco vêm surpreendendo a cada grupo de novos aprendizes. “Hoje concluímos com êxito esta turma, fortalecendo nosso compromisso com o setor rural desta importante região produtora do estado. Ampliaremos nossos propósitos, pois mais quatro turmas estão em andamento, contemplando a demanda de 11 empresas da região. O programa apresenta um alto índice positivo de aceitação pelos aprendizes e pelas empresas envolvidas no Programa”, declarou Adriano Moraes.
O Programa de Aprendizagem Rural é uma iniciativa do Ministério do Trabalho e Emprego através da Lei 10.097/00. De acordo com o diretor da Queiroz Galvão Alimentos, Sérgio Lima, a fazenda, que já tinha recebido outros cursos e treinamentos do Senar, ganhou mais um parceiro com a conclusão da primeira turma do Programa. “É certamente a garantia de um suporte de conhecimento e aprendizado para o desenvolvimento destes jovens, que vão ajudar toda a nossa região a crescer mais ainda profissionalmente”, finalizou Sérgio Lima .
Participaram ainda da entrega dos certificados, o diretor do Sindicato Rural de Petrolina Walter Rocha, a coordenadora de Treinamentos do Senar/PE, Mônica Pimentel, o gerente Geral Rilson Victor, a gerente Administrativa Isabelle Araújo e o coordenador do Departamento Pessoal Salvador Andrade, todos da Queiroz Galvão Alimentos.
.
.
.
fonte: Jornal Tribuna de Pernambuco