Festa do Cavalo de Gravatá vai ampliar negócios no campo

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Logo Festa 2014

 

Gravatá vai sediar de 23 a 31 de maio a 8ªedição da Festa do Cavalo, uma realização da Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco – FAEPE com o apoio do Sebrae Pernambuco e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR-PE. O evento acontece, no haras Dr. Luiz Ignácio e contará extensa programação, terá leilões, provas hípicas, competições, palestras, cursos de formação, estandes comerciais, programação para a garotada e pela primeira vez vai sediar a etapa final do Campeonato Nordeste do cavalo Mangalarga Marchador.

O evento, considerado o maior da região, no segmento equestre, nasceu de uma pesquisa realizada há quase uma década, pelo Sebrae Pernambuco que destacou a cadeia produtiva da criação de cavalos, principalmente no que tange o turismo rural equestre, como uma das vocações econômicas do município. A partir daí foi criada a Associação de Criadores de Cavalos Mangalarga Marchador de Gravatá (ACM), foram abertas e sinalizadas trilhas para cavalgadas com material gráfico próprio e instituída a Festa do Cavalo.

O turismo equestre e a Festa do Cavalo de Gravatá vêm contribuindo cada vez mais com o fortalecimento da cadeia produtiva do turismo rural e movimentando a economia local. Essa nova realidade, incentivou proprietários locais a diversas opções de negócios para o esporte e lazer. Hoje, o município de Gravatá possui a maior concentração de haras e pensões para cavalos do País. “O propósito da Festa do Cavalo de Gravatá é ampliar a oferta de produtos turísticos na região, contribuir para o desenvolvimento das atividades equestres de alta qualidade, respeitando a vocação econômica do agreste pernambucano e fomentar a comercialização de produtos derivados da atividade agrícola”, explica, Pio Guerra, presidente da FAEPE, organizador do evento.