SENAR-PE leva curso de alfabetização para a Usina Olho D’Água e amplia horizontes de trabalhadores

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

x15972312

 

O curso de Alfabetização para Jovens e Adultos oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-PE) aos trabalhadores da Usina Olho D’Àgua, localizada no município de Camutanga, na Zona Da Mata Norte do Estado, trabalha o método Paulo Freire. São 300 horas com vinte horas semanais e duração de quatro meses. As aulas, para quem está aprendendo a ler e a escrever, acontecem nas instalações da usina, durante a entressafra, no horário das 18h às 22h. Quando terminar eles recebem Cerificado de Alfabetização que os tornam aptos a prosseguirem nos estudos.
“A ideia é mostrar ao trabalhador analfabeto a importância do conhecimento no mundo da escrita e as chances de evolução”, justifica, Mônica Pimentel, Coordenadora de Treinamentos do Senar-PE. Vinte e oito trabalhadores estão matriculados. O curso começou nesta segunda-feira, 7, e segundo Mônica que esteve visitando a sala de aula já é possível sentir interesse e motivação dos alunos.
O curso de Alfabetização para Jovens e Adultos do SENAR-PE atende uma demanda da usina que se preocupa com o social. Na parceria, o Senar-PE disponibilizou a professora e o material didático . Já a usina, o transporte e alimentação. “ O aluno que tem acesso à educação se torna um cidadão com melhor auto estima e um trabalhador mais qualificado com chances de evolução”, declarou o Superintendente do SENAR-PE, Adriano Moraes