Senar apresenta sistema de gestão do Pronatec para representantes do MEC

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

 

foto_matéria

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) apresentou a sua própria ferramenta de gestão do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para representantes do Ministério da Educação (MEC).
Conhecido como Sistema de Gestão da Bolsa Formação (SGBF), o programa foi criado pela equipe de Tecnologia da Informação (TI) da entidade para apoiar a Administração Central e as Regionais do Senar na gerência física e financeira do Pronatec. O SGBF permite a geração de relatórios e gráficos, acompanha protocolos de entrega de materiais, a formação de turmas e a frequência de alunos a partir de um arquivo enviado diariamente pelo MEC.

 Segundo a coordenadora de Projetos e Programas Especiais da Diretoria de Educação Profissional e Promoção Social (DEPPS) do Senar, Janei Resende, o encontro também teve a intenção de mostrar a importância da regularidade no envio da base de dados do ministério para que o SGBF seja atualizado constantemente.

 “Procuramos mostrar o quanto é importante essa comunicação e o nível de controle que temos das informações do Pronatec”, afirmou Janei.

 A diretora de Articulação e Expansão de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Fernanda Marsaro, elogiou a iniciativa do Senar e garantiu que as solicitações da entidade serão encaminhadas para os responsáveis da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI).

 “Se os nossos parceiros tivessem essa excelência, a nossa possibilidade de insucesso seria muito pequena. O sistema que o Senar desenvolveu é um exemplo de transparência, eficiência, gestão da oferta e velocidade de informações. Contribui muito com a gestão de recursos públicos. O Senar foi pioneiro”, disse Fernanda.

A reunião, que aconteceu na sexta (2), também contou com a presença dos assessores técnicos do Senar Marcos Paulo Almeida, Aldinelice Ferreira, Silvia Rocha e Marina Vianna de Souza.

Fonte: Assessoria de Comunicação Sistema CNA/Senar

Foto: Tony Oliveira