IBGE estima crescimento de 3% na safra de grãos em 2014

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Fonte: RBA

Em nova estimativa para a safra de 2014, o IBGE estimou a produção nacional de grãos em 193,9 milhões de toneladas, 3% maior que a de 2013 (188,2 milhões de toneladas). A área a ser colhida chega a 55 milhões de hectares, ante 52,8 milhões no ano passado, acréscimo de 4,2%. Os dados foram divulgados na manhã de hoje (11).

Os três principais produtos (arroz, milho e soja) representam 92,5% da estimativa de produção e 85,5% da área. Segundo o instituto, a produção cresce 6,3% para o arroz e 11,7% para a soja, com recuo de 6% no caso do milho. O IBGE faz ressalvas: “Cabe ressaltar que as variáveis informadas no presente levantamento foram coletadas até a 2ª quinzena de janeiro, não tendo ainda registrado os efeitos negativos das elevadas temperaturas e da baixa pluviosidade que afeta, principalmente, as regiões Sul e Sudeste”.
Nas regiões, o Centro-Oeste concentra 40,8% da produção, com crescimento de 0,8% em relação à safra passada, enquanto o Sul tem 37,7% do total (estável). Depois vêm Sudeste (10,2%, também estável), Nordeste (8,6%, alta de 39,5%) e Norte (2,7%, expansão de 5,7%). Entre os estados, o Mato Grosso tem participação de 23,5%, seguido do Paraná (18,4%) e do Rio Grande do Sul (15,9%). Os três somam 57,8%.
Conab
Em levantamento também divulgado hoje, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estimou em 193,6 milhões de toneladas a produção de grãos no Brasil na atual safra. O volume representa crescimento de 3,6% sobre a anterior. A área deve chegar a 55 milhões de hectares, alta de 3,2%. O estudo foi feito de 20 a 24 de janeiro.