Dia de Campo em Chã Grande orienta sobre gerenciamento de propriedade rural

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

campo7

O trabalho de gerenciamento da propriedade rural, executado na Fazenda Colina Branca, uma das maiores produtoras de hortaliças em sistema hidropônico do Estado, foi apresentado para alunos do Curso Técnico em Agronegócio, do Senar/PE – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Pernambuco. Durante o Dia de Campo, realizado no último sábado (8), os profissionais conheceram os modelos de gestão, produção e mercado alçados pelo negócio.

Para o supervisor de Treinamento do Senar/PE, Adriano Pontes, o Dia de Campo é uma oportunidade que os profissionais do agro têm para se atualizar e conhecer na prática sistemas produtivos capazes de elevar a produtividade e lucratividade no setor primário. “Além da troca de conhecimentos, esse tipo de aula permite que o aluno avalie a eficácia das tecnologias apresentadas por nossos instrutores durantes as aulas”, observou Pontes.

Ao todo, são mais de 200 hectares destinados a produção hidropônica de hortaliças – técnica de cultivo sem a utilização do solo, em que todos os nutrientes necessários são fornecidos na água. Nesse espaço, os alunos conheceram os setores de produção de substrato, mudas, bem como as instalações e etapas de todo o processo produtivo. Em uma breve explicação, Adriano Pontes destacou que são inúmeras as vantagens da produção hidropônica, para o produtor que visa investir no negócio, em comparação com o método tradicional.

Entre eles estão o aumento da produtividade, mais proteção contra doenças, pragas e insetos, possibilidade de plantio em qualquer época do ano, e maior valor agregado ao produto. “O maior benefício do sistema hidropônico é a redução de agrotóxicos aplicados nos alimentos. Isso porque, ao utilizar a hidroponia, o produtor evita a degradação do solo e reduz o uso de produtos químicos, assegurando qualidade nutricional e o sabor aos vegetais”, explicou o supervisor.

O curso de nível médio é oferecido na modalidade EaD – Ensino à Distância, em parceria com o programa do Governo Federal chamado Rede e-Tec. No total, 80% das aulas são realizadas no ambiente virtual e 20% por meio de encontros presenciais realizados no polo presencial instalados no Sindicato Rural de Bezerros. A capacitação é totalmente gratuita, com carga horária de 1.230 horas/aula e prepara profissionais para atuarem na gestão e administração de propriedades rurais ou agroindústrias.