Artesanato, bolos e tortas nos cursos oferecidos do SENAR-PE em Frei Miguelinho

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

freimiguelinho

 

Maria Welkovic é presidente do Sindicato Rural de Frei Miguelinho

Da Redação

Para oferecer mão de obra ao trabalhador rural, proporcionando a sua inserção no mercado do trabalho, o sindicato de Frei Miguelinho, município do Agreste pernambucano, vem utilizando como ferramenta os cursos de formação profissional e promoção social oferecidos pelo SENAR-PE- Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. No momento, estão sendo oferecidos os cursos de trabalhador na panificação para bolos e tortas e de artesanato em palha de milho e em materiais recicláveis para construção de brinquedos populares. “É grande a procura pelos cursos do SENAR. O trabalhador rural vem buscando cada vez mais a profissionalização e o sindicato vem trabalhando para atender a demanda”, declarou a presidente Maria Welkovic.
Além de Frei Miguelinho, mais dezesseis sindicatos rurais estão realizando este mês, cursos do SENAR-PE, entre eles Petrolina, Lagoa Grande, Manari, Machados, Cabrobó, Buíque, Ouricuri, Bezerros, Garanhuns, Sertânia, Machados, Parnamirim, Serra talhada, Verdejante, Garanhuns e Bezerros. Os cursos vão de artesanato, a costureiro, beneficiamento de carne, pedreiro, eletricista, bombeiro hidráulico, inclusão digital rural, entre outros e a carga horária varia entre 24 e 48 horas.