Lista Preliminar de Aprovados no curso Técnico em Agronegócio 2020 – Recife e Petrolina


PE_Lista Preliminar de Aprovados 20201 – RECIFE e PETROLINA

Lista de candidatos convocados para a entrevista – Polo Recife


Processo Seletivo – Rede E-etec Nova convocação

Lista de candidatos convocados para a entrevista – Pólo Recife e Petrolina


Lista de candidatos convocados para a entrevista – Polo Recife e Petrolina

2ª ETAPA – PROCESSO SELETIVO 2020/1 – SENAR -AR/PE


PE_listagem_final_cadidatos_aptos_processo_classificatorio_2020_1

Regulamento de Classificação do Processo Seletivo – Edital nº 01-2020 – Curso Técnico em Agronegócio – AR-PE

INFORMAÇÕES SOBRE A ENTREVISTA – Edital 01-2020

 

Divulgação da Lista Preliminar dos Candidatos Selecionados para participar da Etapa da Entrevista, prevista no EDITAL Nº 001/2020 do Curso Técnico de Nível Médio em Agronegócio


  1. DA SELEÇÃO

5.1. O procedimento de seleção consiste na análise do Certificado de Conclusão do Ensino Médio, do Histórico Escolar ou documento oficial equivalente e dos documentos definidos para a comprovação do público prioritário.

5.2. Será desclassificado o candidato que anexar documentação incompleta, controversa ou ilegível no Formulário de Inscrição online.

5.3. A lista preliminar dos candidatos selecionados para a etapa de classificação será publicada no portal eletrônico do presente processo http://www.senar-pe.com.br, no dia 29/01/2020.

5.4. Se houver discordância, por parte do candidato não selecionado, quanto à Lista Preliminar dos Selecionados para a etapa de classificação, este poderá apresentar  recurso na data de 30/01/2020, das 09h às 12h e 14h às 17h.

5.5 Para os inscritos no Polo de Ensino Recife o recurso deverá ser apresentado na sede da Administração Regional de Pernambuco, sito à Rua São Miguel, 1050, Afogados – PE- CEP: 50.770-720, e para os inscritos no Polo de Ensino Petrolina, na sede do Sindicato Rural de Petrolina, sito á Rua Manoel Borba, 1804. Centro – Petrolina – PE, CEP: 56.302-070.

5.6. A lista dos candidatos selecionados para Entrevista, etapa de classificação, será publicada no portal eletrônico do presente processo http://www.senar-pe.com.br, no dia 03/02/2020.

Resultado – Acesse Aqui:

    PE_cadidatos_aptos_processo_classificatorio_2020_1

Número de turmas do Senar PE dentro da Funase cresceu em 2019


image

 

Instituição parceira recebeu registro de elogio por oferta de treinamentos profissionalizantes em unidades socioeducativas de todo o Estado

Subiu de 11 para 14 o número de turmas do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-PE) dentro da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) em 2019. O aumento da oferta de treinamentos no comparativo com o ano anterior viabilizou a qualificação profissional de 157 socioeducandos em áreas como agricultura, jardinagem, artesanato, eletricidade e pintura imobiliária. Por conta dos resultados da parceria, que não tem ônus para os cofres públicos e aumenta as chances de inserção dos adolescentes no mercado de trabalho, a Funase entregou um registro de elogio ao superintendente do Senar-PE, Adriano Moraes.

“Temos com o Senar-PE uma parceria antiga, importante e consolidada. Em 2018, tivemos cerca de uma centena de certificados conquistados por nossos adolescentes. Em 2019, esse número cresceu e chegou a 157 vagas ofertadas. Os treinamentos dão ênfase à aprendizagem pela prática, o que é um diferencial muito importante no atendimento ao público da nossa instituição”, afirma o coordenador do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase, Normando de Albuquerque, responsável pela entrega do registro de elogio ao lado dos assessores e instrutores de cursos Rafael Souto Maior e Elaxis Duarte, do mesmo setor.

Em 2019, o Senar-PE ofertou a socioeducandos da Funase os treinamentos em Artesanato em Embalagens, Artesanato em Material Reciclável, Artesanato em Couro, Artesanato em Couro e Pele, Plantas Ornamentais e Terrário, Agricultura Orgânica, Cultivo de Olerícolas de Raízes e Bulbos, Bombeiro Hidráulico, Eletricista e Pintura Imobiliária. Os cursos foram ministrados nos Centros de Atendimento Socioeducativo (Case) situados em Abreu e Lima, Pirapama (Cabo de Santo Agostinho), Vitória de Santo Antão, Timbaúba, Arcoverde e Garanhuns, todos voltados à internação, além da Casa de Semiliberdade (Casem) Garanhuns.

Fonte: Funase

Últimos dias para inscrição na seleção do curso Técnico em Agronegócio


Os candidatos têm até esta quarta-feira (22) para se cadastrar no processo seletivo

As inscrições para processo seletivo do curso Técnico em Agronegócio do Senar Pernambuco terminam na próxima quarta-feira (22). O cadastro, gratuito, deve ser feito até às 18h (horário de Brasília), no site http://etec.senar.org.br/processo-seletivo-20201/

O edital prevê a liberação de 45 vagas para o Estado de Pernambuco, sendo 20 para o polo de Recife e 25 para o polo de Petrolina. No ato da inscrição, o candidato deverá anexar seu histórico escolar do ensino médio e indicar em qual polo de ensino deseja participar das aulas presenciais.

É importante ler o edital atentamente, pois o sistema aceita somente uma inscrição por CPF e NÃO PERMITE ALTERAÇÕES APÓS O ENVIO DOS DADOS.

A relação dos aprovados na primeira fase será divulgada no dia 29 de janeiro de 2020, data em que serão divulgados também os critérios da segunda etapa do processo classificatório, no site http://senar-pe.com.br/ .

De 3 a 19 de fevereiro, os aprovados farão as entrevistas, que correspondem a segunda e última fase do processo, nos polos escolhidos no ato da inscrição.

Semipresencial – A formação técnica é gratuita com 80% de suas aulas realizadas na modalidade a distância e 20% nos respectivos polos de ensino.

Ao final do curso, que tem duração de dois anos, o técnico estará apto para a execução de procedimentos de gestão do agronegócio, que planeja e auxilia na organização e controle das atividades do setor.

A atuação deste profissional não se limita aos processos internos de uma propriedade, podendo trabalhar em um amplo setor de empresas comerciais, estabelecimentos agroindustriais, serviços de assistência técnica, extensão rural e pesquisa.

Serviço:

Processo seletivo curso Técnico em Agronegócio

Data: Até 22 de janeiro

Link para acessar o edital e efetivar a inscrição: http://etec.senar.org.br/processo-seletivo-20201/

Informações e dúvidas: 81 3312.8966

Inscrições do curso Técnico em Agronegócio vão até o dia 22


O curso é gratuito e está com vagas limitadas para os polos de Recife e Petrolina

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Pernambuco (Senar/PE) encerrará as inscrições para o processo seletivo do curso Técnico em Agronegócio no próximo dia (22), às 18h (horário de Brasília).

O edital prevê a liberação de 45 vagas para Pernambuco, sendo 20 para o polo de Recife e mais 25 para o de Petrolina. As inscrições devem ser realizadas no site   http://etec.senar.org.br/processo-seletivo-20201/

No ato da inscrição, o candidato deverá anexar seu histórico escolar e indicar o polo de ensino para participar das aulas presenciais. É importante que os participantes leiam o edital atentamente, pois o sistema aceita somente uma inscrição por CPF e não permite alterações após o envio dos dados.

O resultado dos aprovados na primeira fase deve ser divulgado no dia 29 de janeiro, data em que serão divulgados também os critérios da segunda etapa do processo classificatório, no site http://senar-pe.com.br/. De 3 a 19 de fevereiro, os aprovados farão as entrevistas, que correspondem a segunda e última fase do processo, nos polos escolhidos no ato da inscrição.

Para mais informações, entre em contato com coordenação de Treinamentos do Senar/PE: (81) 3312.8966.

Informações sobre entrevistas – Curso Técnico em Agronegócio


Pernambuco_validado_Processo-Classificatório_etapas_análise-documentos_entrevista_2020-1

análise-documentos_entrevista_2020-1

Sistema CNA/Senar discute Assistência Técnica e Gerencial no Semiárido


image (7)

A Comissão Nacional de Desenvolvimento da Região Nordeste da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) discutiu, na quarta (11), o uso da Assistência Técnica e Gerencial do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) para mudar a realidade do Semiárido brasileiro.

O presidente da CNA, João Martins, participou do encontro e destacou a importância da ATeG para a região. “Precisamos mudar a realidade dessas pessoas para serem mais eficientes e competitivas e a única maneira de fazermos isso é levarmos tecnologia através da assistência técnica.

Martins também destacou a importância do Projeto Prospera Semiárido, assinado recentemente pelo Sistema CNA/Senar com a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater), ligada ao Ministério da Agricultura.

image (8)

A iniciativa vai atender, com assistência técnica e gerencial, 17 mil pequenos e médios produtores rurais de 10 estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe em cadeias como apicultura, bovinocultura de leite, fruticultura e caprinovinocultura.

Segundo o presidente da Comissão, Pio Guerra, difundir a assistência técnica e gerencial é a principal missão das Federações e do Senar nos estados da região. “Esperamos que isso seja uma revolução no meio rural nordestino.”

“Hoje já atendemos mais de 150 mil produtores com assistência técnica e nossa meta é buscar parceiros e fazer investimentos para ampliar a meta de produtores atendidos principalmente no Nordeste”, afirmou Daniel Carrara, diretor-geral do Senar.

A reunião da Comissão recebeu ainda o presidente da Frente Parlamentar Mista em Prol do Semiárido, deputado General Girão (PSL-RN), que falou sobre as ações da frente.

Para João Martins, a proximidade com o Legislativo é essencial para levar esse desenvolvimento ao Nordeste. “Podemos levar tecnologia para o produtor aumentar a competitividade, mas apenas isso não resolve. Precisamos de políticas públicas do governo para dar sustentação a esse pequeno produtor”, ressaltou o presidente da CNA.

Andréa Barbosa, diretora de Assistência Técnica e Gerencial do Senar, apresentou a estrutura do Prospera Semiárido para os membros da comissão e destacou os principais objetivos da iniciativa para aumentar a cobertura da assistência técnica e gerencial na região e difundir o conhecimento especializado, tecnologias e reservas estratégicas de água e a alimentação animal, grandes gargalos do produtor local.

“Nosso foco maior é a parte gerencial que é a grande dificuldade do produtor. Além disso, trabalhamos para aumentar a produtividade, a lucratividade, o fomento e o empreendedorismo, o desenvolvimento sustentável e a inteligência produtiva. A assistência técnica do Senar é feita de forma individual e isso faz toda a diferença. O técnico conhece a realidade da propriedade, faz um diagnóstico e propõe ações de melhorias junto com o produtor”.

A Comissão também tratou de parcerias público-privadas em projetos de pesquisas para o desenvolvimento da região Nordeste. Bruno Nunes, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC) fez uma apresentação sobre as ações do órgão que podem ser feitas em parceria com o Sistema CNA, como o Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação em Bioeconomia.

Fonte: Assessoria de Comunicação CNA